Osteófitos - Quiropraxia - Monique Meinesz Quiropraxia
768
page-template,page-template-templates,page-template-full_width,page-template-templatesfull_width-php,page,page-id-768,ajax_fade,page_not_loaded,,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-13.5,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.5,vc_responsive
 

Osteófitos

Osteófitos

O osteófito, é mais conhecido como bico de papagaio, trata-se de uma desordem na articulação da coluna onde uma anormalidade óssea se desenvolve em formato de um bico de papagaio, literalmente.

 

A patologia é presente em pessoas com mais de 50 anos, visto que os osteófitos podem se desenvolver por conta de uma artrite, doença degenerativa que degasta a cartilagem que envolve as articulações. Com tal desgaste, as juntas passarão a se friccionar umas nas outras, gerando um atrito e, consequentemente, uma inflamação no local.

 

Com o atrito causado e a inflamação no local, os ligamentos passarão a se inflamar também, acumulando cálcio na região próxima de onde ocorre o desgaste cartilaginoso. O cálcio acumulado irá gerar desenvolver um novo osso, causando uma anormalidade na coluna.

 

Doenças não inflamatórias também podem gerar osteófitos, como a hiperostose esquelética idiopática difusa, patologia que acarreta na calcificação de tendões e ligamentos. Essa calcificação causada pela hiperostose gera uma alteração na coluna onde se apresentam os osteófitos.

Osteófitos
Osteófitos
Osteófitos

Sintomas causados pelos osteófitos

Apesar de estarem ligados a uma anormalidade da coluna, os osteófitos não são os causadores da dor em si. Em muitos casos, a dor causada pelo bico de papagaio está atrelada às doenças degenerativas, causadas pelo desgaste da cartilagem entre as articulações.

 

Todavia, além da dor causada pelas doenças degenerativas que desencadeiam no desenvolvimento dos osteófitos, muitos pacientes têm limitações nos movimentos por conta da extrema dor causada também pela compressão dos nervos pela ausência da cartilagem.

 

Principais causas

 

Além das doenças degenerativas como a artrite, já citada, os osteófitos podem aparecer somados a outros fatores como:

 

  • Obesidade;
  • Postura incorreta;
  • Sedentarismo;
  • Histórico de lesões na coluna.

 

Tais fatores podem ser gerados pelo desgaste da cartilagem por conta do preso exercido entre as vértebras, comprimindo os nervos e causando o atrito ósseo, fator principal para o desenvolvimento de osteófitos. A idade também é outra predisposição para desenvolver o bico de papagaio muito por conta da utilização recorrente dos discos intervertebrais que envelhecem e perdem a sua função natural.

A Quiropraxia trata Osteófitos. Agende sua consulta conosco
(11) 2970-1805 ou (11) 97355-0203.

Diagnóstico e tratamento

Para diagnosticar o aparecimento de um osteófito, são necessários exames de imagem como Raio-X e ultrassonografia, darão com melhor exatidão o quadro clínico do paciente. Ademais, uma avaliação física é feita, junto com perguntas sobre histórico familiar e hábitos diários.

 

Como tratamento, em caso de doenças degenerativas, medicamentos anti-inflamatórios e relaxantes musculares são prescritos, assim como uma reabilitação de uma equipe multidisciplinar para recuperar os movimentos prejudicados pelos osteófitos na coluna.

 

Na Quiropraxia

 

Além da reabilitação motora, a Quiropraxia também pode atuar como um tratamento que diminui os impactos causados pela anomalia óssea. Durante as sessões, a força e a flexibilidade muscular e óssea serão retomados, diminuindo a pressão entre os ossos que são causados pelo atrito entre os ossos e reestabelecendo a harmonia da coluna.

 

Prevenção

 

Visando prevenir o desenvolvimento de osteófitos, o paciente pode adotar hábitos diários que trazem um maior benefício à saúde e coloquem o corpo em movimento. Manter o peso em dia, praticar esportes e se policiar quanto a postura correta, previne contra o aparecimento de osteófitos no corpo.

Vamos agendar sua avaliação de Quiropraxia?

C1

Áreas e Partes do Corpo Afetadas

Fornecimento de sangue para a cabeça, glândula pituitária, couro cabeludo, ossos da face, cérebro, ouvido interno e médio, sistema nervoso simpático.

Possíveis Sintomas

Dores de cabeça, nervosismo, insônia, resfriados, pressão arterial alta, enxaqueca, tensão nervosa, amnésia, cansaço crônico, tonturas.

C2

Áreas e partes do corpo afetadas

Olhos, nervos ópticos, nervos auditivos, seios da face, ossos mastoides, língua, testa.

Possíveis Sintomas

Problemas nos seios da face, alergias, dores ao redor dos olhos, dor de ouvido, desmaios, certos casos de cegueira, estrabismo, surdez.

C3

Áreas e partes do corpo afetadas

Bochechas, ouvido externo, ossos da face, dentes, nervos facial.

Possíveis Sintomas

Neuralgia, neurite, acne ou espinhas, eczema.

C4

Áreas e partes do corpo afetadas

Tuba auditiva, nariz, lábios, boca.

Possíveis Sintomas

Rinite alérgica, coriza, perda auditiva, adenoides.

C5

Áreas e partes do corpo afetadas

Cordas vocais, glândulas do pescoço, faringe.

Possíveis Sintomas

Laringite, rouquidão, dor de garganta ou angina.

C6

Áreas e partes do corpo afetadas

Músculo do pescoço, ombros, amígdalas.

Possíveis Sintomas

Torcicolo, dor no braço, amigdalite, tosse crônica.

C7

Áreas e partes do corpo afetadas

Glândula tireóide, bursas nos ombros, cotovelos.

Possíveis Sintomas

Bursite, resfriados, condições da tireóide.

T1

Áreas e partes do corpo afetadas

Braços do cotovelo para baixo, incluindo mãos, pulsos e dedos, esôfago e traqueia.

Possíveis Sintomas

Asma, tosse, dificuldade respiratória, falta de ar, dor na parte inferior do braço e mãos.

T2

Áreas e partes do corpo afetadas

Coração, incluindo as suas válvulas e artérias coronárias.

Possíveis Sintomas

Alterações das funções cardíacas.

T3

Áreas e partes do corpo afetadas

Pulmões, brônquios, pleura, tórax, peitoral.

Possíveis Sintomas

Bronquite, pleurisia, pneumonia, congestão nasal, gripe.

T4

Áreas e partes do corpo afetadas

Vesícula biliar, e ducto comum.

Possíveis Sintomas

Condições da vesícula biliar, icterícia, pedras na vesícula.

T5

Áreas e partes do corpo afetadas

Fígado, plexo solar, circulações (geral).

Possíveis Sintomas

Condições do fígado, febres, problemas de pressão arterial, má circulação, artrite.

T6

Áreas e partes do corpo afetadas

Estômago.

Possíveis Sintomas

Problemas estomacais, indigestão, azia, dispepsia.

T7

Áreas e partes do corpo afetadas

Duodeno e pâncreas.

Possíveis Sintomas

Úlceras e gastrites.

T8

Áreas e partes do corpo afetadas

Baço e diafragma.

Possíveis Sintomas

Soluços e baixa resistência.

T9

Áreas e partes do corpo afetadas

Glândulas adrenal e suprarenal.

Possíveis Sintomas

Alergias e urticárias.

T10

Áreas e partes do corpo afetadas

Rins.

Possíveis Sintomas

Problemas renais, endurecimento das artérias, cansaço crônico, nefrite, pielites.

T11

Áreas e partes do corpo afetadas

Rins e ureteres.

Possíveis Sintomas

Condições de pele como acne, espinhas, furúnculos, eczema.

T12

Áreas e partes do corpo afetadas

Intestino delgado e circulação linfática.

Possíveis Sintomas

Reumatismo, acúmulo de gases, alguns tipos de esterilidade.

L1

Áreas e partes do corpo afetadas

Intestino grosso, anéis inguinais.

Possíveis Sintomas

Constipação, colites, disenteria, diarréia, algumas rupturas ou hérnias.

L2

Áreas e partes do corpo afetadas

Apêndice, abdômen, coxa.

Possíveis Sintomas

Câimbras, dificuldade para respirar, acidose, veias varicosas.

L3

Áreas e partes do corpo afetadas

Órgãos sexuais, útero, bexiga, joelhos.

Possíveis Sintomas

Problemas vesiculais e menstruais, como dor ou períodos irregulares, corrimento, impotência, problemas na bexiga, dores nos joelhos.

L4

Áreas e partes do corpo afetadas

Próstata, os músculos de região lombar, nervo ciático.

Possíveis Sintomas

A dor ciática, lumbago, dificuldade de micção, dor ou muito frequente, dores nas costas.

L5

Áreas e partes do corpo afetadas

Pernas, tornozelos, pés.

Possíveis Sintomas

A má circulação nas pernas, tornozelos inchados, tornozelos e arcos fracos, pés frios, fraqueza nas pernas, câimbras nas pernas.

Sacro

Áreas e partes do corpo afetadas

Ossos do quadril, nádegas.

Possíveis Sintomas

Condições sacroilíacas, curvaturas da coluna vertebral.

WhatsApp chat