Cifose - Quiropraxia - Monique Meinesz Quiropraxia
829
page-template,page-template-templates,page-template-full_width,page-template-templatesfull_width-php,page,page-id-829,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1200,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-13.5,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.5,vc_responsive
 

Cifose

Quiropraxia no tratamento da cifose

A cifose é um problema que afeta a coluna vertebral, causando uma curvatura anormal, de formato arredondado, da estrutura. Sua principal causa está atrelada com má postura ou até mesmo por conta hereditariedade. Em casos onde a má postura é o principal causador, a patologia se desenvolve em crianças que têm o costume de passar horas a fio, seja no celular ou no videogame, por exemplo, desencadeando a curvatura anormal da coluna.

 

Nossa coluna tem curvaturas e possui um formato de S, apesar de parecer reta. Contudo, a curvatura da coluna é considerada normal, visto que passa por diversas fases de desenvolvimento. Medindo aproximadamente 75 cm na idade adulta, a coluna é composta por 33 ossos que se sobrepõe e permitem a movimentação natural da estrutura, que possibilita a funcionalidade natural do corpo para realizar as atividades diárias. Além de ser composta por ossos, a coluna também contém nervos e ligamentos, que tem a função de enviar a mensagem ao sistema nervoso central para que determinadas ações – como quando nos locomovemos – possam ser realizadas.

 

Sendo uma estrutura complexa e vital, a coluna também contém discos intervertebrais que funcionam como almofadas e evitam o atrito entre as vértebras, além de evitar a compressão dos nervos, o que levaria a quadros dolorosos e até a dificuldade de movimentação.

cifose
cifose
cifose

Doença de Scheuermann

Predominante durante a adolescência, a Doença de Scheuermann é uma cifose juvenil. Sua causa não é específica, mas fatores relacionados ao crescimento estão dentre as origens da patologia que causa dor aos pacientes, falta de força torácica e o encolhimento da musculatura peitoral e de movimentação do quadril. Em casos mais graves, a Doença de Scheuermann causa alterações neurais e problemas respiratórios por afetar a coluna torácica, que está ligada às costelas que envolvem os pulmões.

 

Causas

 

A origem da cifose ainda não é conhecida, apesar de ser reincidente em adolescentes e idosos. Contudo, anormalidades da coluna estão diretamente atreladas com má postura ao sentar, seja em momentos de lazer ou durante o trabalho, por exemplo. Causas das quais são desenvolvidas ao longo da vida por hábitos prejudiciais à coluna vertebral.

 

Diagnóstico

 

Para diagnosticar casos de cifose, uma entrevista com o paciente é feita para entender quadros dolorosos e hábitos diários que são praticados. Além disso, uma avaliação da curvatura da coluna é feita, com o objetivo de classificar se a “corcunda” sofre uma acentuação normal devido ao crescimento ou se é caracterizada pela cifose, dependendo de quantos graus a coluna torácica apresenta. Ademais, exames de imagem são feitos para que a coluna possa ser devidamente estudada para um diagnóstico preciso.

 

Tratamento

 

O tratamento para a Cifose pode ser feito com o uso de órteses (coletes ortopédicos) para a correção postural ou sessões de Reeducação Postural Global, visando corrigir o abaulamento da coluna e fortalecer a postura. Em casos onde a cifose está atrelada por obesidade, o tratamento se dá pela diminuição de peso do paciente com mudança de hábitos alimentares.

A Quiropraxia trata a Cifose. Agende sua consulta conosco
(11) 2970-1805 ou (11) 97355-0203.

Quiropraxia e Cifose

A cifose é caracterizada justamente como uma desordem na coluna vertebral. Portanto, a Quiropraxia auxilia no ajuste das anormalidades e correção de postura, permitindo com que quadros dolorosos sejam minimizados. Os ajustes quiropráticos são uma forma de tratamentos para tais casos, juntamente com uma mudança de hábitos do paciente, se policiando quanto a postura corporal.

Vamos agendar sua avaliação de Quiropraxia?

    C1

    Áreas e Partes do Corpo Afetadas

    Fornecimento de sangue para a cabeça, glândula pituitária, couro cabeludo, ossos da face, cérebro, ouvido interno e médio, sistema nervoso simpático.

    Possíveis Sintomas

    Dores de cabeça, nervosismo, insônia, resfriados, pressão arterial alta, enxaqueca, tensão nervosa, amnésia, cansaço crônico, tonturas.

    C2

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Olhos, nervos ópticos, nervos auditivos, seios da face, ossos mastoides, língua, testa.

    Possíveis Sintomas

    Problemas nos seios da face, alergias, dores ao redor dos olhos, dor de ouvido, desmaios, certos casos de cegueira, estrabismo, surdez.

    C3

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Bochechas, ouvido externo, ossos da face, dentes, nervos facial.

    Possíveis Sintomas

    Neuralgia, neurite, acne ou espinhas, eczema.

    C4

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Tuba auditiva, nariz, lábios, boca.

    Possíveis Sintomas

    Rinite alérgica, coriza, perda auditiva, adenoides.

    C5

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Cordas vocais, glândulas do pescoço, faringe.

    Possíveis Sintomas

    Laringite, rouquidão, dor de garganta ou angina.

    C6

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Músculo do pescoço, ombros, amígdalas.

    Possíveis Sintomas

    Torcicolo, dor no braço, amigdalite, tosse crônica.

    C7

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Glândula tireóide, bursas nos ombros, cotovelos.

    Possíveis Sintomas

    Bursite, resfriados, condições da tireóide.

    T1

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Braços do cotovelo para baixo, incluindo mãos, pulsos e dedos, esôfago e traqueia.

    Possíveis Sintomas

    Asma, tosse, dificuldade respiratória, falta de ar, dor na parte inferior do braço e mãos.

    T2

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Coração, incluindo as suas válvulas e artérias coronárias.

    Possíveis Sintomas

    Alterações das funções cardíacas.

    T3

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Pulmões, brônquios, pleura, tórax, peitoral.

    Possíveis Sintomas

    Bronquite, pleurisia, pneumonia, congestão nasal, gripe.

    T4

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Vesícula biliar, e ducto comum.

    Possíveis Sintomas

    Condições da vesícula biliar, icterícia, pedras na vesícula.

    T5

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Fígado, plexo solar, circulações (geral).

    Possíveis Sintomas

    Condições do fígado, febres, problemas de pressão arterial, má circulação, artrite.

    T6

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Estômago.

    Possíveis Sintomas

    Problemas estomacais, indigestão, azia, dispepsia.

    T7

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Duodeno e pâncreas.

    Possíveis Sintomas

    Úlceras e gastrites.

    T8

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Baço e diafragma.

    Possíveis Sintomas

    Soluços e baixa resistência.

    T9

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Glândulas adrenal e suprarenal.

    Possíveis Sintomas

    Alergias e urticárias.

    T10

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Rins.

    Possíveis Sintomas

    Problemas renais, endurecimento das artérias, cansaço crônico, nefrite, pielites.

    T11

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Rins e ureteres.

    Possíveis Sintomas

    Condições de pele como acne, espinhas, furúnculos, eczema.

    T12

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Intestino delgado e circulação linfática.

    Possíveis Sintomas

    Reumatismo, acúmulo de gases, alguns tipos de esterilidade.

    L1

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Intestino grosso, anéis inguinais.

    Possíveis Sintomas

    Constipação, colites, disenteria, diarréia, algumas rupturas ou hérnias.

    L2

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Apêndice, abdômen, coxa.

    Possíveis Sintomas

    Câimbras, dificuldade para respirar, acidose, veias varicosas.

    L3

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Órgãos sexuais, útero, bexiga, joelhos.

    Possíveis Sintomas

    Problemas vesiculais e menstruais, como dor ou períodos irregulares, corrimento, impotência, problemas na bexiga, dores nos joelhos.

    L4

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Próstata, os músculos de região lombar, nervo ciático.

    Possíveis Sintomas

    A dor ciática, lumbago, dificuldade de micção, dor ou muito frequente, dores nas costas.

    L5

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Pernas, tornozelos, pés.

    Possíveis Sintomas

    A má circulação nas pernas, tornozelos inchados, tornozelos e arcos fracos, pés frios, fraqueza nas pernas, câimbras nas pernas.

    Sacro

    Áreas e partes do corpo afetadas

    Ossos do quadril, nádegas.

    Possíveis Sintomas

    Condições sacroilíacas, curvaturas da coluna vertebral.